Começa a corrida eleitoral pela presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho

  • 23/06/2022
(Foto: Reprodução)
Chapa liderada pelo advogado de Santa Maria Valmir Böhmer, de 50 anos, foi anunciada pela oposição. Eleição ocorre no final do ano. Valmir, pré-candidato a presidente do MTG Arquivo pessoal O advogado de Santa Maria Valmir Böhmer, 50 anos, foi anunciado esta semana como pré-candidato a presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). A eleição ocorre no final ao ano deste ano nas 30 Regiões Tradicionalistas (RTs), com participação de patrões ou indicados por cada uma das 1,7 mil entidades filiadas em dia com as anuidades. A última eleição aconteceu em junho de 2021 (com seis meses de atraso por conta da pandemia) e foi vencida pelo atual presidente Manoelito Savaris. Ex-vice presidente artístico por duas gestões, a chapa de Valmir é uma junção das duas chapas que disputaram o pleito no ano passado e foram derrotadas. Então lideradas pelos ex-coordenadores regionais do MTG Fabiano Vencatto (12ª RT) e Silvania Affonso (21ª RT), ambos os grupos se uniram para formar a frente que busca chegar ao comando da federação. Conforme Valmir, a chapa já prepara seu programa de gestão com foco na assistência às entidades, pregando um "movimento conciliador" e inclusivo. "Além de promover iniciativas com a finalidade de cultuar e difundir nossas tradições, entendemos que o movimento tradicionalista deve exercer uma função social por meio da qual as gerações congregam valores como respeito, inclusão, empatia e solidariedade, cumprindo com o que prevê nossa Carta de Princípios, auxiliando e colaborando com proatividade as entidades que materializam as finalidades do movimento junto às comunidades", afirma o advogado. O grupo diz que já trabalha na busca por alternativas para garantir a sustentabilidade dos CTGs filiados. Juntamente com o candidato a vice presidente administrativo Fabiano Vencatto, Valmir acompanhou um grupo de tradicionalistas em reunião com o governador Ranolfo Vieira Jr. para pedir a inclusão das entidades tradicionalistas no programa "Nota Fiscal Gaúcha", que repassa a instituições sociais parte dos valores arrecadados com o ICMS. Também monitora e repassa a integrantes de entidades os editais que distribuem recursos do Poder Judiciário a instituições sociais. Outra meta é a busca por novos frequentadores para os filiados, preocupação levada ao Palácio Piratini. A sugestão é para que o governo acelere a implantação do ensino da cultura gaúcha nas escolas estaduais, o que pode trazer as crianças para conhecer os galpões. A situação também se movimenta nos bastidores. Apontada como possível candidata caso Savaris não concorra, a atual vice-presidente administrativa Ilva Goulart percorreu acampamentos na Festa Campeira do Rio Grande do Sul, em Pelotas, em busca de apoio pela reeleição, sem deixar claro quem seria o candidato (a). Procurada, a atual gestão disse que "se manifestará em tempo oportuno", mas afirma que haverá chapa de situação. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/blog/reporter-farroupilha/post/2022/06/23/comeca-a-corrida-eleitoral-pela-presidencia-do-movimento-tradicionalista-gaucho.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Cinco e Meia da Manhã

André Teixeira

top2
2. Depois da Lida

Cesar Oliveira e Rogério Melo

top3
3. Recuerdos da 28

Joca Martins

top4
4. Pelos Luzeiros

Giovani e Laureci

top5
5. Batendo Água

Luiz Marenco

Anunciantes